Renault Logan Expression 1.6

Visão geral

Depois da minha experiência com o Peugeot 1.2, minha próxima avaliação é o Renault Logan Expression 1.6.

Por seu amplo espaço interno, excelente porta-malas, baixo custo de manutenção, motor razoável e consumo de combustível compatível além de baixo custo do seguro, o Logan 1.6 pode ser a opção de compra de vários motorista, como eu.

Com três filhos adultos, minhas viagens, ainda que curtas, acabam resultando em alguma bagagem. Nesse ponto, um carro com porta-malas amplo é essencial. Por todos os fatores que citei acima, eu cogitei o Logan como uma opção de compra. Por isso resolvi alugar um por um fim de semana para poder melhor avaliar o carro, já que os ditos test drives oferecidos pelas concessionárias pouco ajudam na escolha.

IMG_9036Se você é daquele tipo de consumidor que não se importa muito com detalhes de acabamento e acha que beleza é subjetivo, e está mais preocupado com custo de aquisição e manutenção, eu diria a você que o Logan é um forte candidato a ocupar a sua garagem, pois no mercado de seminovos ele é um carro que se encontra numa faixa de preço que varia dos 32 a 38 mil reais. Mas honestamente, na minha opinião não recomendo a compra de um Logan zero km. Zero km, seu preço pode ultrapassar a casa dos 50 mil reais. No site da Renault, um modelo como esse que aluguei – o Expression 1.6 com o Techo Pack sai por R$ 50.200,00. Honestamente, R$ 50.200,00 em um Logan? Não acho que valha a pena. Se você fizer uma análise detalhada do acabamento verá que é deprimente. Plásticos duros, com rebarbas, mal encaixados, ou seja, um carro pobre. Na minha modesta opinião o Logan em termos de acabamento é comparável aos IMG_9068carros da JAC. Acho que um J3 não perde em nada para o Logan, salvo no quesito “confiabilidade da marca”. Até o som produzido pelas portas ao fechar é diferente, passando a impressão de coisas soltas.

O Logan traz algumas comodidades: radio com conexão bluetooth, entrada auxiliar e USB. Vidros elétricos, só nas portas dianteiras; controle do retrovisor externo é manual, mas em compensação ele nos oferece ajuste de altura do banco e da coluna de direção. Lembrando que o ajuste da coluna de direção é só em altura, não em profundidade. Ele traz também controle do som junto ao volante, que é muito útil, já que você pode  parear seu celular com IMG_9042IMG_9059o sistema de som do carro e atender ligações sem tirar as mãos do volante causando distrações e risco de acidente. De comodidade, a Expression traz também abertura interna do porta-malas e da tampa do bocal de abastecimento.

Se você quer disfarçar a aparência pobre do Logan, opte pela versão Dynamique, que custa a partir de R$ 54.000,00. Essa versão traz a mais um útil limitador e controlador de velocidade, retrovisores externos com controles elétricos e uma central multimídia. Ainda não vi de perto essa versão, mas creio que o acabamento não seja tão diferente assim.

Conforto

O Logan, creio eu, foi construído para ser um carro prático, não confortável. A fábrica tenta amenizar essa sensação de pobreza nos oferecendo alguns equipamentos extras, como o já IMG_9048IMG_9051citado limitador/controlador de velocidade, porém só na versão Dynamique.

A versão por mim avaliada, por se tratar de carro de locadora, tinha o básico da versão: vidros elétricos dianteiros, travas elétricas das portas, computador de bordo e o rádio com conexão bluetooth. Creio eu que a central multimídia deve fazer parte de um pacote extra.

O isolamento acústico não é dos melhores; quando pisamos a fundo no acelerador e o giro do motor sobe o ruído invade a cabine. Porém, em condução mais “comportada” o nível de ruído é aceitável.

Uma vez sentado no banco do motorista você dispõe de ajuste de altura do banco, de altura da coluna de direção e claro, dos ajustes de distância e inclinação do assento. O volante tem boa pega, mas na minha opinião poderia ser ligeiramente menor. Honestamente, não gostei do conforto proporcionado pelo banco do motorista. Pareceu-me faltar algum apoio extra na região lombar, e o encosto de cabeça fica muito longe. Para efeitos de comparação, é nítida a diferença de conforto entre um Logan e um Gran Siena, por exemplo.

Desempenho

IMG_9060IMG_9052IMG_9067

O Logan 1.6 8V possui motor 4 cilindros com 98 cv de potência e 14,5 kgfm de torque com gasolina. Abastecido com o derivado da cana esses números sobem para 106 cv e 15,5 kgfm na ordem. Valores nada expressivos. Se compararmos ao Versa e ao Gran Siena 1.6, que oferecem motores 16 válvulas, o Versa nos oferece 111 cv e o Gran Siena 115 cv.

Nas saídas de semáforo o Logan arranca rápido e logo atinge a velocidade da via (a maioria aqui em Brasília com velocidade de 60 km/h). Gostei do câmbio. Os engates não se comparam aos dos carros da VW, mas eles são bons. Não encontrei maiores problemas.

Para tirar a prova dos nove, fiz um teste rodoviário com o carro. Partindo de Brasília, peguei uma estrada secundária com destino a Cristalina. Esse trecho não tem grandes aclives, mas em compensação está em um estado crítico de conservação, com várias crateras que me obrigaram, várias vezes, parar o carro por completo, engatar a primeira marcha e passar pelo buraco. Consequentemente o consumo de combustível nesse trecho não foi muito animador, ficando na casa dos 13 km/litro com gasolina. Nesse mesmo trecho, o Versa SV 1.6 que avaliei recentemente ficou em 10 km/l no álcool. Só para ilustrar, como esse teste foi feito a noite, o ar-condicionado estava desligado.

IMG_9055IMG_9056
Aproveitando um trecho reto e longo resolvi ver até onde o Logan chegaria. Pisei fundo no acelerador em quinta marcha, até o chão, como se diz. Os giros sobem lentamente e  a velocidade vai crescendo. Depois de algum tempo o ponteiro do velocímetro marcava os 180 km/h. Óbvio que essa não era a velocidade real do carro, dado ao erro dos velocímetros. Acredito que o carro estivesse entre 165 e 170 km/h. Como numa situação real dificilmente viajamos a essa velocidade….

Em resumo, em uma situação normal de condução, com velocidade de cruzeiro entre 110 e 120 km/h o Logan é muito bom. E para minha surpresa, até que nessa condição o ruído dentro do carro era aceitável para os padrões do carro.

 Conforto em viagem

O Logan peca em um ponto: osIMG_9054 bancos. Não sei dizer se é uma característica IMG_9052dessa versão, um pouco mais barata, ou se é de toda a linha Logan/Sandero; mas o fato é que os bancos dianteiros parecem oferecer pouco apoio na região da lombar, o que torna cansativa a viagem. Entre Brasília e Cristalina levei aproximadamente 1h e 40 min; ao passar o volante para meu filho – que me ajudou no teste – sentia as costas doendo. Quando chegamos a Brasília, meu filho também relatou esse desconforto, o que não ocorreu, por exemplo, no teste com o Nissan Versa. Já no banco traseiro, meus acompanhantes não reclamaram muito.

Considerações gerais

IMG_9065O Logan é um carro de baixo custo de aquisição, baixo custo de manutenção, incluindo aí o seguro. É econômico em termos de consumo de combustível. Talvez não seja tão econômico quanto o Nissan Versa, mas ainda assim econômico. É relativamente confortável e tem muito espaço interno e excelente porta-malas. Pelo seu formato mais quadrado, mesmo ocupantes mais altos no banco traseiro não encostam a cabeça no teto. Ponto positivo para o Logan. Como já foi dito, beleza é muito relativo, mas o Logan não é mais aquele carro feio como o da primeira geração. Mas em contrapartida, continua tão mal acabado como aquele. Os encaixes entre as peças de plásticos são mal feitos, as rebarbas são aparentes e podem até machucar. O carro está bonito mas não esconde a sua proposta de baixo custo. Considerando isso, acho 50 mil reais um preço absurdo para esse carro. Honestamente, não fosse o fator “confiança”, eu optaria por comprar um JAC, já que o acabamento dessas marcas são equivalentes.

Um ponto que achei negativo diz respeito ao manual do proprietário; diferente dos carros que tive até o momento, o manual do Logan não traz a relação dos serviços a serem realizados em cada quilometragem.  Se tem, eu passei batido. Ou seja, se você não quer fazer uso das concessionárias para as revisões, não vai saber o que tem de ser checado/trocado em cada quilometragem. Lamentável.

 

Anúncios

Sobre lcnoliveira

Um motorista comum mas muito interessado no universo automotivo.
Esse post foi publicado em automóveis e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s